Dom Vilar assume como referencial da juventude no Regional Sul I da CNBB

A partir de agora, Dom Vilar será o bispo referencial da Juventude para o Regional Sul I, do Estado de São Paulo.
Dom Vilar já é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, na qual ele responde pelos Movimentos e Novas Comunidades. O presidente da Comissão Nacional é Dom Vilson Basso (Imperatriz, MA) que responde pelas Congregações e o outro bispo da Comissão é Dom Nelson Francelino (Valença, RJ) que responde pelas Pastorais da Juventude.
A Comissão também é composta por 18 bispos representantes dos regionais da CNBB e 18 assessores, com jovens líderes dos segmentos juvenis: Pastorais da Juventude, Congregações, Movimentos e Novas Comunidades, e com uma equipe de subsídios (assessores).
A nova missão de Dom Vilar, como referencial do Regional Sul I, será articular as dioceses do Estado de São Paulo com seus Setores Diocesanos da Juventude, para favorecer os Projetos da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude. Depois do Projeto Rota 300, agora estamos com o Projeto IDE, que tem cinco eixos: Missão, Formação, Acompanhamento, Ecologia e Políticas públicas.
Em julho, Dom Vilar vai participar de reunião da Comissão em Aparecida, SP, encontro nacional dos Movimentos e Novas Comunidades, no Rio de Janeiro, RJ, e do primeiro encontro nacional dos Grupos Paroquiais, em São Paulo (Santana).
Momentos fortes com a juventude e o Papa Francisco estão próximos: em outubro, o Sínodo dos bispos, em Roma, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, e em janeiro, no Panamá, a Jornada Mundial da Juventude. A Juventude é uma das três prioridades da Diocese de São João da Boa Vista junto à Família e às Pastorais Sociais.