Evangelho da família, alegria para o mundo

Em preparação à Semana Nacional da Família, a cada ano recebemos o subsídio “Hora Família”. Feito para reuniões em grupos nas paróquias e comunidades, também tem a função de inspirar os temas para a Semana da Família.
O “Hora da Família” preza pela família unida por vocação. Devido a isso, está atento a tudo que ajuda no convívio familiar como: a importância dos sacramentos desde a iniciação cristã, educação dos filhos, atenção dos pais, diálogo, respeito, leitura da Palavra de Deus… Também está em sintonia com o que diz o Papa Francisco e nossos bispos na CNBB.
O tema desse ano é uma novidade. A Igreja nos presenteia com um Papa alegre, simples e humilde. Um Papa presente no meio familiar. Sua alegria irradia nossos corações e tudo aquilo que é difícil, ele torna possível com aquele sorriso nos lábios e mãos estendidas. Seus gestos e palavras animam nossa fé e nos ajudam a testemunhar a alegria do Evangelho da família.
Vale dizer que a escolha do tema, “Evangelho da Família, alegria para o mundo”, nos faz refletir até que ponto somos felizes na família. Isto porque a Igreja vive em família, e cabe a ela fazer do Evangelho uma alegria para todos os lares. Este tema iluminará o IX Encontro Mundial das Famílias que será em Dublin, Irlanda, de 22 a 26 de agosto.
Todo cristão batizado precisa esforçar-se para ser no mundo um evangelizador e transmissor das mensagens contidas no Evangelho. O Papa Francisco nos exorta a transmitir, com maior convicção, a Boa Notícia que transforma o coração de quem se abre ao bem.
Famílias e pessoas evangelizadas, que fazem a experiência do encontro com o Senhor, assumem a vocação missionária de anunciar o Evangelho que é Notícia alegre para o mundo.
Deixando-se guiar por esse grande tema o “Hora da Família” procura aprofundar a Exortação Apostólica Amoris Laetitia, pois essa exortação precisa ser para nós motivo de renovação para a nossa ação evangelizadora em prol das famílias e do mundo. Porque, tendo mais famílias evangelizadas nossa vida de comunidade se tornará mais autêntica e fraterna. Faremos acontecer o reino de Deus na vida de nossos irmãos.
Finalmente, neste Ano Nacional do Laicato, escutemos a voz do Senhor que nos convoca a sermos famílias “sal da terra e luz do mundo”, e com a intercessão da Sagrada Família de Nazaré, nossa Igreja Diocesana esteja em saída, acolhendo e anunciando o Evangelho que nos quer fortes na fé, revigorados no amor, e prontos para lidar com os desafios de nossos tempos, com o novo sabor e nova luz do Evangelho.

 

Padre João Marcos Moreira
Coordenador Diocesano de Pastoral
Assessor Diocesano da Pastoral Familiar