Padres, Seminaristas e Candidatos ao diaconato permanente estiveram em missão em Goiás

O Seminário Diocesano São João Maria Vianney e a Escola Diaconal “Dom Tomás Vaquero”, tiveram a grata satisfação de participar da Missão de 09 a 16 de dezembro, na cidade de Orizona, Goiás, na Diocese de Ipameri. Atendendo o pedido de um de nossos padres, que lá exerce seu ministério, fomos convidados para ajudar um pouco na evangelização daquela gente especialmente cuidada pela Igreja local.

Naquela oportunidade foram enviados em missão 34 missionários: 02 Padres, 09 candidatos ao diaconato permanente e 23 seminaristas filósofos e teólogos.

Os missionários saíram da cidade de São João da Boa Vista e, depois de uma viagem que durou 11 horas, chegaram ao destino onde Cristo os enviou e chamou. Durante os dias que lá se procederam as famílias foram visitadas e formações se realizaram; missas foram celebradas e experiências partilhadas.

O eixo que moveu esta estadia missionária naquelas terras foi, além de vivenciar o advento de Jesus, também conhecer mais uma realidade, depois de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, realizada a missão no início deste ano, que os impulsionou e fortaleceu na vocação presbiteral.

Padre Richardo Strazza da Silva, falou um pouco sobre as experiências desta missão: “Um dos aspectos que muito nos chamou a atenção foi o grande número de enfermos e idosos que Orizona tem. Foram inúmeros aqueles enfermos visitados e muitíssimos idosos que ficavam entre as idades de noventa a cem anos. Que longevidade de vida! Que grande e alegre surpresa dos anos e maturidade daqueles senhores e senhoras!
Durante os dias missionários, a comunhão foi criada entre as pessoas, a interação aos poucos fora se dando, uma família cristã foi sendo constituída. Assim missionários e orizonenses se tornaram mais próximos e objetivados num único bem: o Reino de Deus. Todos nós missionários podemos experimentar que aquele povo é sedento de Deus, além de extremamente acolhedores e simpáticos. Os padres Divino e William, que pastoreiam aquela paróquia entregue aos cuidados do patrocínio de Nossa Senhora da Piedade, exercem com sabedoria e atenção o zelo pelas ovelhas. Que riqueza ali encontrada! Nem o imenso calor proporcionado durante aquela semana nos separou do objetivo”.

Reiterou também o Reitor Pe. Richard que é um dado importante na missão em Orizona, foi que: “Nossos formandos todos perceberam a grande falta de padres que existe ainda nas terras da Diocese de Ipameri. Por alguns momentos foram grandes os pedidos para que fossem enviados sacerdotes que pudessem ser missionários e suprissem a necessidade de pastor às várias paróquias que ainda carecem de um pároco. Segundo os dirigentes eclesiásticos, o maior trabalho que toda a Diocese está desenvolvendo atualmente é aquele pelas vocações sacerdotais. Não existe prioridade maior do que trabalhar o chamado de Deus a tantos jovens que poderiam seguir o caminho do sacerdócio”.

Todos os missionários participaram da caminhada de treze quilômetros no dia de Santa Luzia. Esta peregrinação saiu da Capela dedicada à santa na cidade de Orizona e se dirigiu até a comunidade rural chamada Ubatan, onde fora celebrada a missa solene. Durante a caminhada as orações foram feitas e a fé, debaixo de um sol escaldante, foi ainda mais burilada e experimentada.

Ao final da peregrinação, os missionários foram agraciados ao final da peregrinação com uma maravilhosa chuva e um delicioso café.

Foram visitar também o Seminário Arquidiocesano de Goiânia, cuja estrutura e formação foram muito surpreendentes, eles almoçaram e passaram alguns momentos convivendo. A missão também se estendeu até a cidade de Trindade, junto ao Divino Pai Eterno. Ali Pe. Edilísio, reitor do santuário, celebrou a missa e apresentou a imagem e o medalhão encontrado do Divino Pai Eterno, além de apresentar historicamente todo o contexto daquele santuário tão visitado.

Padre Richard ressalta: “Sentimo-nos muito acolhidos e abençoados naquele belo santuário. Que o Divino Pai Eterno nos abençoe sempre! Contudo, agradecemos à Deus pelo imenso carinho que conduziu nossa estadia missionária na Diocese de Ipameri. Somos muito gratos aos Padres da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, aos paroquianos e a todos que nos acolheram e receberam em seus lares. Além da nossa oração, acompanha nossa lembrança e a riqueza ali encontrada. Que Jesus Menino venha confirmar em todos nós o chamado que nos fora feito. No próximo ano estaremos novamente realizando nossa missão como Seminário São João Maria Vianney e Escola Diaconal “Dom Tomás Vaquero”, na Diocese de Luz em Minas Gerais. Rezem por nós e pelas vocações sacerdotais”.

Pe. Richard Strazza da Silva
Reitor do Seminário Diocesano São João Maria Vianney
Diretor da Escola Diaconal “Dom Tomás Vaquero”


Artigos Recentes