Inscrições e informações sobre a Beatificação do Pe. Donizetti

A Paz de Cristo!

O grande dia da beatificação do Padre Donizetti Tavares de Lima se aproxima – 23 de novembro, 9h, em Tambaú. As dioceses do RP e outras dioceses do estado se preparam para a beatificação. Para isso, algumas até mudaram a data de suas Assembleias. E nós, como Diocese, em cada paróquia, vamos nos preparar para este Kairós da Igreja com o que segue:

1. Um folder para usar com o povo nos terceiros fins de semana de setembro, outubro e novembro;

2. Uma novena para os grupos e comunidades com a escolha livre dos dias;

Ambos, acima, serão encaminhados para as paróquias!

3. As inscrições para a Beatificação – padres e leigos, todos devem fazer pelo site: https://padredonizettitambau.com/beatificacao; para os grupos, os seus coordenadores podem fazer por todos;

4. Um ônibus pelo menos é o que cada paróquia deve levar até Tambaú neste dia.

Enfim, todos os padres estão convocados para participar deste momento único que Deus, em sua graça e sua misericórdia, nos concede. Assim também, devemos convocar os nossos fiéis para responderem a este apelo e se renovarem na fé e no amor de Deus, participando da Beatificação, em Tambaú!

Abaixo esta uma carta, onde consta também alguns dados que podem ajudar a divulgar o Beato.

Recomendações de nosso bispo diocesano, Dom Antonio Emidio Vilar, sdb

ORAÇÃO PELA CANONIZAÇÃO DO PADRE DONIZETTI

Com aprovação eclesiástica

– Ó Deus, ornastes o Beato Padre Donizetti Tavares de Lima de dons especiais: fizestes dele sacerdote admirável na pregação, pastor incansável, defensor dos pobres e grande devoto de Nossa Senhora Aparecida. Concedei-nos, por sua intercessão, a graça que tanto preciso (fazer pedido). Por Nosso Senhor Jesus Cristo… Amém!

Comunicação de graças por sua intercessão: Praça Padre Donizetti, nº 09, Tambaú, SP- 13710-000

HISTÓRIA DE PADRE DONIZETTI TAVARES DE LIMA

Padre Donizetti Tavares de Lima deixou marcas eternas com sua conduta íntegra, acolhedora e protetora perante aos mais necessitados.

Devoto de Nossa Senhora Aparecida, o sacerdote mantinha hábitos simples, morava em uma casa modesta, com o mínimo de mobília e utensílios. Ele vestia uma batina gasta, porém limpa. “No dia em que compreendi qual era a minha vocação, decidi que minha vida deveria ser dedicada totalmente à Igreja, a serviço do povo de Deus. E o distanciamento do dinheiro e dos bens temporais, para mim, é necessário a fim de me dedicar verdadeiramente aos outros”, disse ao fazer seu voto de pobreza.

Padre Donizetti nasceu no dia 3 de janeiro de 1882, em Cássia (MG), filho de Tristão Tavares de Lima e Francisca Cândida Tavares de Lima. Ele ingressou no Seminário no ano de 1900, ordenando-se padre diocesano no dia 12 de julho de 1908, na cidade de Pouso Alegre (MG), por seu grande mentor espiritual, Dom João Batista Corrêa Nery. Passou pelas Paróquias de São Caetano, Pouso Alegre (MG); Jaguaríuna (SP); Vargem Grande do Sul (SP), chegando em Tambaú (SP) no dia 12 de junho de 1926, onde permaneceu por 35 anos até o seu falecimento, ocorrido aos 79 anos no dia 16 de junho de 1961.

O Processo de Beatificação de Pe. Donizetti iniciou-se no ano de 1992 e, no ano de 2009, com o encerramento da fase diocesana, os autos foram encaminhados para Roma, na Itália.

No dia 6 de abril de 2019, o Papa Francisco recebeu em audiência, o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Becciu e, autorizou a mesma Congregação a promulgar o Decreto (no dia 8 de abril de 2019) que reconheceu o milagre atribuído à intercessão de Padre Donizetti Tavares de Lima, autorizando sua Beatificação. A cerimônia de Beatificação foi marcada para o dia 23 de novembro de 2019.

O Milagre

O milagre ocorreu na cidade Casa Branca, interior do estado de São Paulo, quando, Margarete Rosilene Arruda de Oliveira, mãe de Bruno Henrique Arruda de Oliveira pediu pela intercessão de Padre Donizetti.

Bruno nasceu em 2006 apresentando “pé torto congênito”. Certa noite, a mãe colocou o filho sobre uma mesa e tentou desentortar seus pezinhos. Então, começou a chorar e clamar ao Pe. Donizetti: “Por favor, Santo Padre Donizetti, tenha piedade desta vossa filha que vos clama, me ajude: cure o meu filho, cura os pés dele. Sei que terei um caminho difícil pela frente com esse tratamento. Intercede por mim junto a Nossa Senhora Aparecida, sei que Ela não negará um pedido do senhor padre, pois Ela o ama muito, peça a Ela, por favor, que interceda ao filho Jesus, tal qual nas bodas de Caná”. Prometeu também levar os sapatinhos de Bruno à casa de Pe. Donizetti, em Tambaú, “para que dê o testemunho do seu poder junto à Nossa Senhora e Jesus, para que outros que sofrem, possam também pedir ajuda a vós”. “Obrigada, essa é minha vontade, mas que seja feita a vontade de Deus sobre todas as vontades”, concluiu a mãe a sua oração.

No dia seguinte, ao acordar, colocou novamente o menino de pé sobre a mesa e ele “pisou com os pés retos e as solas dos pés tocavam a mesa”, conta Margarete. No dia da consulta com o ortopedista, ela levou o raio-X e o laudo e, após examinar os pés de Bruno, o médico exclamou que Deus havia curado a criança, que não tinha “nada nos pés”.

Com o tempo, as pernas do menino continuavam arqueadas, mas Margarete ressalta que “agradecia e pensava que as pernas continuavam assim, para dar testemunho do milagre que havia acontecido”.

Em 2010, visitou Tambaú e levou os sapatinhos de Bruno, os quais deixou juntamente com o laudo sobre a cama de Padre Donizetti.

VIDA E OBRA DO PADRE DONIZETTI

1882 – 3 de janeiro – Donizetti nasce em Cássia (MG), filho de Tristão Tavares de Lima e Francisca Cândida Tavares de Lima.

1882 – 22 de janeiro – É batizado na Paróquia de Santa Rita de Cássia

1886 – A família deixa Cássia (MG), e se transfere para Franca (SP)

1897 – Donizetti passa a frequentar o Colégio Monsenhor João Soares, em Sorocaba (SP), e é enviado pelo pároco de Franca para tocar durante a Semana Santa.

1900 – Donizetti volta ao Seminário Diocesano de São Paulo por ter sido chamado novamente para ser organista e professor de música. Inicia o curso propedêutico na Faculdade de Direito em São Paulo.

1903 – Decide que sua vocação é o sacerdócio e se matricula na Faculdade de Filosofia do Seminário.

1905 – 20 de fevereiro – A convite de Dom João Batista Corrêa Nery, transferido de Vitória (ES) para Pouso Alegre (MG), Donizetti pede para deixar de servir na Diocese de São Paulo e completar os estudos eclesiásticos naquela diocese.

1907 – 20 de maio – Donizetti é nomeado clérigo na Diocese de Pouso Alegre (MG).

1908 – 12 de julho – Dom Nery ordena Donizetti sacerdote. Ele inicia seu trabalho na Paróquia de São Caetano.

1908 – É criada a Diocese de Campinas e nomeado seu bispo Dom Nery, que lhe pede para acompanhá-lo. Padre Donizetti é nomeado Vigário da Paróquia de Santa Maria em Jaguary (em Jaguariúna, SP).

1909 – 3 de abril – Padre Donizetti passa para nova Diocese de Ribeirão Preto (SP), a fim de ficar perto da família, e é nomeado Vigário de Vargem Grande do Sul (SP).

1926 – 12 de junho – Padre Donizetti é transferido, como Vigário, para a Paróquia de Tambaú (SP).

1938 – 3 de março – Padre Donizetti faz um testamento nomeando sua herdeira universal a Paróquia de Tambaú (SP).

1954 – 30 de maio – Iniciam-se as grandes peregrinações à cidade de Tambaú (SP).

1955 –Padre Donizetti dá sua última bênção aos peregrinos.

1961 / 16 de junho – Padre Donizetti morre às 11h15, na Casa Paroquial em Tambaú (SP).

CRONOLOGIA DA BEATIFICAÇÃO

21/02/1992 – O processo foi aberto oficialmente em nível diocesano e início da ampla pesquisa sobre a vida, virtude e fama de santidade de Padre Donizetti.

02/12/1996 – Obtenção da abertura do processo e título de Servo de Deus na Congregação para a Causa dos Santos, no Vaticano.

16/03/1997 – Abertura do processo de Beatificação e constituição do Tribunal Eclesiástico.

08/05/2009 – Exumação dos restos mortais de Padre Donizetti

16/05/2009 – Encerramento da fase diocesana e trasladação dos restos mortais para o Santuário.

14/09/2009 – Abertura da fase romana, no Vaticano.

29/10/2010 – Congregação para a Causa dos Santos assinou o decreto de validade do processo.

06/05/2013 – Entrega da “Positio”, documento oficial sobre o postulado da Santidade, vida e virtudes do Servo de Deus.

10/10/2017 – Congregação para a Causa dos Santos concede ao Padre Donizetti o título de Venerável.

06/04/2019 – O Papa Francisco recebe em audiência, o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu e, autoriza a mesma Congregação a promulgar o Decreto que reconhece o milagre atribuído à intercessão do Venerável Padre Donizetti Tavares de Lima, autorizando sua beatificação.

08/04/2019 – Promulgado o Decreto que torna Pe. Donizetti Beato.

23/11/2019 – Cerimônia de Beatificação de Pe. Donizetti.