Não tenhais medo

Logo após enviar os discípulos para a missão, Jesus faz o alerta: -“não tenhais medo dos homens. Tudo o que é encoberto, há de ser revelado”! Todas as maldades que as pessoas praticam, mais cedo ou mais tarde aparecem sem que a gente precise procurar. O mal fede! O profeta Jeremias nos ensina que os amigos de Deus sofrem perseguição e calúnias porque sua vida e sua palavra incomodam os maus que sempre agem às escondidas…
Jesus continua ensinando aos discípulos que a Fé nascida da escuta da Palavra deve ser proclamada aos quatro cantos; o que Jesus ensina aos seus não é um segredo para poucos guardarem a sete chaves, mas deve “ser proclamado em cima dos telhados”, ou seja, a fé que nós professamos deve ser mostrada sem espetáculos, mas com atos e atitudes que revelam o Cristo na vida da comunidade. A fé não precisa de espetáculos para se mostrar; o cristão não fabrica situações para parecer vítima e muito menos aplica o golpe da chantagem para angariar o afeto das pessoas.
Quando os cristãos da primeira geração foram ao martírio, são Mateus lembra a força da Palavra de Jesus que, nos enviando como ovelhas no meio de lobos, diz que os “que matam o corpo” não podem fazer nada mais que isso; esses não nos tiram a fé nem a vida eterna. Ninguém cala a Palavra de Deus. Por isso só a Ele tememos! Deus cuida de cada um de nós com extremo carinho; Ele percebe nossas angústias e aflições, cuida dos pardais e até conta os fios de nosso cabelinho. Valemos mais que os pardais!
Em tempos de muita violência, de desrespeito ao pensamento alheio, o Evangelho nos convida a permanecer firmes na fé; a perseguição sempre fez parte da vida dos cristãos, pois a verdade incomoda os que não conseguem viver na claridade. O inimigo, diabo, desde o princípio usa da malícia, das intrigas, das intimidações visando nos levar para o caminho da “desconfiança de Deus”. Em matéria de enganar e mentir, o diabo é expert. Não temamos perseguição por causa da verdade.
Os que se declaram a favor de Cristo o fazem por atitudes simples e de fé comprometida, não por meio de discurso e falatório. Muita saliva pode ser prejudicial hoje em dia… E os que se declaram com a vida e as atitudes a favor de Cristo, ele também se declarará a seu favor diante do Pai.
Vivamos a fé com alegria e perseverança como aprendizes do mestre da vida, Jesus Cristo que se entregou por amor e nos chama a semear o Evangelho em nosso mundo de hoje.
“Sou trigo de Deus. Quero ser triturado e moído pelos dentes das feras a fim de me converter em pão puro de Cristo”! ( sto. Inácio de Antioquia)



Pe. João Paulo Ferreira Ielo
Paróquia Imaculada Conceição de Mogi Guaçu


Artigos Recentes