CARMELO NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA CELEBRA JUBILEU DE DIAMANTE

O Carmelo Nossa Senhora da Esperança, Ordem da Bem-aventurada Virgem do Monte Carmelo, bem como a Diocese de São João da Boa Vista rejubilam de alegria nesse dia 08 de setembro, na comemoração dos 60 anos de sua instalação em nossas terras.

Tudo começou no dia 1°. de dezembro de 1957, quando o Bispo de Ribeirão Preto, Dom Luís do Amaral Mousinho, visitou, pela primeira vez, o Carmelo de Santos. Com esse fato, inicia-se a história fundacional de nosso Carmelo.

Em 1958, por prescrição médica, uma religiosa do Carmelo de Santos necessita de um tratamento em Águas da Prata. As belezas naturais e o recanto silencioso (um convite à oração), gostaram o plano da fundação de um Carmelo de vida contemplativa nesse estância. Madre Maria de Jesus, então Priora do Carmelo de Santos, sentindo ser a vontade de Deus, assume com generosidade todos os trabalhos da futura fundação.

Confiante, apresenta o pedido a Dom Mousinho que, com indizível bondade, acolhe e abençoa o projeto, com a especial missão de as irmãs rezarem, muito e sempre, pelos sacerdotes. Dom Luís fez questão de escolher o nome: Carmelo Nossa Senhora da Esperança. Com a elevação de São João da Boa Vista a Diocese, em 31 de julho de 1960, o Carmelo nascente passou aos cuidados do novo bispo.

No dia 08 de setembro de 1960, em Águas da Prata, com intenso júbilo, com irmãs provenientes do Carmelo de Santos, após a celebração eucarística presidida por Dom David Picão, o Carmelo foi instalado oficialmente em nossa Diocese e, a 10 de abril de 1961, transferido para São João da Boa Vista.

As Irmãs Carmelistas Descalças vivem em clausura, exercem o apostolado contemplativo, através da oração incessante pela Igreja, pelos sacerdotes, pelo povo de Deus e por toda a humanidade.

Fonte: DARCIE, Côn. João Antonio.
“Nas entrelinhas da carta – Memória do Cinquentenário da Diocese de São João da Boa Vista”, p. 282-283.


Artigos Recentes