COMENDA “DOM TOMÁS VAQUERO: Diácono Geraldo também foi homenageado

Geraldo Ferreira Gonçalves nasceu na cidade de Pirassununga-SP, em 06 de junho de 1931. Formou-se no Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Professores no então Instituto de Educação Pirassununguense. Foi professor na Rede Pública Estadual em Pompéia-SP, Leme-SP, passando depois a lecionar no Grupo Escolar Rural Romualdo de Souza Brito, em Santo Antônio do Jardim-SP. Foi professor de Música e Desenho em Andradas-MG e no Instituo Cardeal Leme, em Espírito Santo do Pinhal-SP.

Foi para Mogi Guaçu-SP em 11 de outubro de 1961, quando assumiu uma sala de aula no Grupo Escolar da Capela do Rosário, hoje, Escola Municipal Maria Júlia Bueno, formando-se, mais tarde, em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras de Poços de Caldas-MG, em Direito pela Faculdade de Direito de São João da Boa Vista-SP e especializando-se em Orientação Escolar pela Faculdade de Ciências e Letras de São José do Rio Pardo-SP.

Casou-se em 04 de setembro de 1964 na Igreja Matriz Imaculada Conceição, em Mogi Guaçu-SP com a Sra. Francinete Franco Ferreira Gonçalves, com quem teve cinco filhos e cinco netos. Em 19 de março de 1978, recebeu o Sacramento da Ordem, no grau do Diaconato, pela imposição das mãos de Dom Tomás Vaquero, compartilhando a vida paroquial no Santuário de Nossa Senhora do Rosário com o padre Máximo Cid.

Sua militância política, permeada pelos estímulos da evangelização nas comunidades eclesiais de base, na década de 1980 se sedimentou quando atuou como vice-prefeito de Mogi Guaçu, de janeiro de 2001 a dezembro de 2008. Professor Geraldo foi Diretor Técnico da FEG – Fundação Educacional Guaçuana no final da década de 1970. O perfil educador sempre acompanhou o Diácono Geraldo em sua formação acadêmica com muita habilidade para contar histórias e prender a atenção das crianças e adolescentes que o ouviam. Sua paixão pelas artes, principalmente a pintura e o desenho artístico foi instrumento utilizado para a evangelização, pois sempre em suas formações pastorais utilizava de tais recursos para o anúncio do Evangelho, além de ser um grande restaurador de imagens sacras.

Na pessoa do Diácono Geraldo, solene cantor de nossas celebrações diocesanas, a Diocese de São João da Boa Vista manifestou sua gratidão a todos os diáconos permanentes e seus familiares.
Foto: UNIFAE


Artigos Recentes