A CAMINHADA PASTORAL EM NOSSA IGREJA DIOCESANA

A missão da Igreja é evangelizar. Evangelizar é oferecer ao mundo o próprio Jesus. A ação evangelizadora da Igreja nasce do encontro pessoal com Jesus de Nazaré, ele é o evangelho e ao mesmo tempo o evangelizador por excelência.

A Igreja no Brasil por meio de sua Conferência episcopal (CNBB), tem feito um caminho muito interessante para propor as nossas comunidades a vivência do evangelho em comunidade. As primeiras comunidades cristãs se reuniam na casa, a casa era o espaço da comunidade. Hoje dois milênios depois mesmo que nos reunamos em templos, não podemos perder o espirito de familiaridade, de uma Igreja que é casa e escola de comunhão, lugar para todos se achegarem e se sentirem amados, incluídos, escutados e acompanhados.
Em nossa Diocese no ano de 2017 aconteceu a Assembleia diocesana de Pastoral que definiu três eixos pastorais prioritários que devem percorrer horizontalmente toda a pastoral diocesana, são eles: JUVENTUDE, FAMÍLIA E PASTORAIS SOCIAIS.
Voltamos o nosso olhar para a juventude guiados pelo espirito de sinodalidade que vem sendo plantado na Igreja pelo Papa Francisco, no qual o elemento mais importante é o da escuta. A juventude não é o futuro da Igreja, ela já é o presente, no hoje da história da Igreja a juventude já é protagonista da evangelização.
Voltamos o nosso olhar para a Família em sintonia com o Papa Francisco, a partir da Exortação Amoris Laetitia, no qual os elementos mais importantes são a escuta, o discernimento e o acompanhamento. O matrimônio sacramental dos cristãos, num proclama, vive e celebra a comunhão íntima de vida e de amor entre o homem e a mulher e manifestam a comunhão íntima de vida e de amor e de graça que une Cristo e o seu povo, a Igreja.
Voltamos nosso olhar para as Pastorais sociais cuja missão é proclamar a Boa Nova do Evangelho entre os mais pobres, através de uma presença, de um alerta, de uma ação social e de uma articulação-parceria. Em nossa diocese dar passos no caminho da evangelização organizando nossos serviços de modo que garantam a vivência de uma dimensão essencial da missão da Igreja, a pratica do amor aos pobres e a todas as pessoas que sofrem injustiças.

Este projeto, enfim, apresenta a organização pastoral da diocese com seus conselhos, organismos, dimensões, pastorais, movimentos, congregações religiosas masculinas e femininas, etc. Que nossos santos, Beato Donizetti, o Venerável Ir. Roberto Giovanni, e os Servos de Deus, Lurdinha Fontão, Padre Matheus e Dom Tomás Vaquero intercedam por nós e nos ensinem o amor a Deus e aos irmãos.

Pe. Luis Fernando da Silva
Coordenador Diocesano de Pastoral

 


Artigos Recentes