UMA MORADA

Os personagens do Advento nos levam a Cristo. Maria espera o Salvador cheia de fé e esperança. Jesus vem ao mundo e faz dele a sua casa, habitando em quem o acolhe, como Maria. Ao dar o seu Sim ao anjo, Maria se torna o primeiro templo vivo do Salvador.

No segundo livro de Samuel, Davi prepara uma Morada para Deus. Idoso, insatisfeito em morar numa casa luxuosa, enquanto a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus no meio do Povo, está numa simples tenda de lona. Davi quer construir um templo. O Profeta Natã lhe diz: Vai e faz tudo o que tens no coração, porque o Senhor está contigo. Deus lhe promete casa e dinastia perene. Essa promessa se realiza em Jesus (2 Sm 7,1-5.8-12.14.16).
Paulo aos romanos louva a Deus por seu plano de salvação realizado em Jesus, para todos os povos (Rm 16,25-27).
No evangelho de Lucas Deus cumpre sua promeasa: Maria, com seu Sim, é Morada de Jesus, preparada pelo próprio Deus. O Messias que Israel esperava era um grande rei, forte, rico, poderoso. Eles pensam na cidade natal de Davi Belém, a Judéia, no centro. Mas, Deus escolheu na periferia, a Galileia, um povoado pobre e insignificante, Nazaré. O Anjo saúda Maria: Alegra-te, ó amada de Deus, o Senhor está contigo. Maria se alegra porque o Senhor está com ela antes de conceber Jesus. Esta é a nossa alegria: O Senhor está conosco! A alegria de Natal é a de que o Senhor está conosco.
Conceberás e darás à luz um Filho! Deus propõe a Maria ser a Mãe do Salvador. Pelo fato de ser virgem e não viver com um homem, o Anjo lhe garante: O Espírito Santo descerá sobre ti! E lhe dá um sinal: sua prima Isabel já concebeu um filho na velhice! Nada é impossível para Deus! Maria diz Sim: Eis aqui a Serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a Tua Palavra! (Lc 1,26-38).
Se Deus criou do nada todas as coisas com o seu “faça-se”. Maria tornou possível a Redenção com o seu “Faça-se’” com sua resposta livre e corajosa ao convite de Deus, que esperava a Sua colaboração para realizar o projeto de amor e salvação. Maria torna-se o templo da Nova Aliança, muito mais precioso que o templo de Davi: um templo vivo não da Arca sagrada, mas do Filho de Deus.
Maria nos ensina muito com seu “Sim”!
  1. Deus ama os homens e tem um projeto de vida plena para lhes oferecer em Jesus Cristo.
  2. Maria nos ensina a fazer Jesus nascer no mundo: pelo seu Sim aos projetos de Deus. Deus espera o nosso Sim para agir no mundo e nos comunicar a sua Vida e Salvação.
  3. Maria é instrumento de Deus, uma jovem de uma aldeia desconhecida, mas pronta a acolher e testemunhar com amor as propostas de Deus.
  4. O nosso Sim generoso e total, como o de Maria, permite a presença e ação de Deus hoje.
  5. Essa entrega total a Deus se dá por meio do diálogo, da comunhão e intimidade com Deus. Maria foi pessoa de oração e de fé confiante e total em Deus.

Este é o nosso caminho: dedicar tempo e estar disponível para ouvir Deus, viver em comunhão com Ele e acolher os seus sinais. Cabe a nós dizer um Sim generoso e total ao Senhor e sermos Morada do Salvador. E se o Senhor está conosco, a nossa alegria nesse Natal é completa.

Dom Antonio Emidio Vilar, SDB


Artigos Recentes