PROTOCOLO DIOCESANO DA FASE TRANSITÓRIA NO ESTADO DE SÃO PAULO

São João da Boa Vista, 16 de abril de 2021

Caros diocesanos, Saudações de Paz e bem!

O governo de São Paulo criou uma nova fase do plano de flexibilização da quarentena, entre a fase vermelha e a fase laranja, e autorizou a abertura de comércios e atividades religiosas em horários reduzidos de funcionamento.

CONSIDERANDO que o Governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde de hoje uma fase denominada FASE TRANSITÓRIA;
CONSIDERANDO nossa responsabilidade pastoral sobre o bem do povo de Deus presente no território de nossa Diocese;
CONSIDERANDO a necessidade que todos os cristãos católicos temos de nos alimentar da Palavra e da Eucaristia, por meio da celebração litúrgica e comunitária da Igreja;
CONSIDERANDO o Decreto Estadual emitido pelas autoridades competentes, a partir de 18 de abril de 2021 fica autorizado em nossa Diocese:

  1. RETORNO DAS CELEBRAÇÕES: presenciais, com distanciamento, seguindo os protocolos já praticados por nós;

  2. HORÁRIO: procuremos encerrar nossas celebrações até o momento em que inicia o horário de restrição de circulação.

  3. BATISMO E MATRIMÔNIO: ficam autorizadas as celebrações do batismo e do matrimônio seguindo a capacidade do templo, utilizando os protocolos sanitários;

  4. UNÇÃO DOS ENFERMOS: a unção dos enfermos seja conferida somente em situações de extrema necessidade de acordo com o pedido da família e a autorização das instituições de saúde.

  5. BENÇÃOS E VISITAS NAS CASAS: ficam autorizadas as bênçãos e visitas às casas por parte dos ministros ordenados (se assim sentirem-se seguros) e com o consentimento da família;

  6. EXÉQUIAS: as exéquias sejam feitas de forma breve seguindo as regras de horários e as orientações dos municípios;

  7. SACRAMENTO DA RECONCILIAÇÃO E DIREÇÃO ESPIRITUAL: fica autorizado o sacramento da reconciliação e os atendimentos de direcionamento individual com agendamento e seguindo o protocolo de segurança.

  8. REUNIÕES PASTORAIS: estão autorizadas desde que sigam o protocolo sanitário, o horário de restrição e a capacidade do lugar, como já orientamos em protocolos anteriores, contudo essa autorização é dada por cada pároco em sua paróquia;

  9. CATEQUESE: fica autorizado o retorno presencial da catequese seguindo o mesmo protocolo por nós emitido, bem como às Paróquias que por motivos acordados com cada pároco estão seguindo o método dos encontros on-line, podem permanecer, até quando for possível o retorno presencial.

  10. ASSISTÊNCIA DOS POBRES: não deixem de favorecer dentro do possível os mais pobres com a entrega de alimentos e outros tipos de assistência, levando em conta os cuidados sanitários;

  11. COLETA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE: conforme fomos orientados pela CNBB, em consonância com nosso Metropolita, determinamos que as coletas das missas dos dias 24 e 25 de abril, 4º Domingo da Páscoa, sejam destinadas a Cúria Diocesana para o repasse da CFE-2021.

  12. COLETA DOS LUGARES SANTOS: determinamos que no dia 23 de maio, Domingo de Pentecostes, uma coleta da missa seja destinada a Cúria Diocesana para o repasse aos Lugares Santos.

  13. MISSA CRISMAL: será celebrada no dia 23 de abril as 18:00 na Igreja Catedral (com representação de seminaristas, candidatos ao diaconato, religiosos e leigos), neste dia a noite essa será a única atividade em nossa diocese, para que todos os presbíteros dela participem;

  14. TRANSMISSÃO PELAS REDES SOCIAIS: incentivamos a continuidade da transmissão das celebrações para dela participem os fiéis que ainda não se sentem seguros para o retorno das celebrações presenciais;

  15. ORDENAÇÃO DIACONAL: vamos conferir o sacramento da ordem no grau do diaconato ao Paulo e ao Tiago, no próximo dia 30 de abril às 18:00 na Paróquia São José em São José do Rio Pardo, seguindo a capacidade de participantes no templo.

  16. REUNIÃO DO CLERO: faremos a nossa reunião geral do clero, on-line, no dia 27 de abril as 9:00 (com término no máximo às 11:00), contaremos com uma assessoria teológica por nós convidada e em breve divulgada e as orientações da Pastoral Presbiteral e da nossa Coordenação diocesana de Pastoral.

Encerro com as palavras dirigidas pelo Papa Francisco a nós bispos que essa semana estamos reunidos em Assembleia Geral: “Nossa fé em Cristo ressuscitado nos mostra que podemos superar este trágico momento e aqui se apresenta a importância da solidariedade, a chorar com os que choram. E a caridade nos impulsiona como bispos a nos despojar. Não
tenham medo de se despojar. Cada um sabe do quê A pandemia só será superada com a união e a CNBB deve ser una neste momento, “porque o povo que sofre é um… ser instrumento de unidade: esta é a missão da Igreja no Brasil. Hoje mais do que nunca! E, para isto, é necessário deixar de lado as divisões e as desavenças. É necessário encontrarmo-nos no essencial. Com Cristo, por Cristo e em Cristo”.

A todos concedo a bênção apostólica.

Dom Antonio Emídio Vilar, SDB
Bispo Diocesano


Artigos Recentes