25 DE JULHO DIA DE SÃO CRISTÓVÃO

Cristovão, antes de se tornar cristão, se chamava Réprobo, era um cananeu rude, alto, de pouca cultura, mas inteligente e por conta disso, sua profissão era ser um guerreiro, graças ao seu porte físico, não havia um que o vencesse.

Ele desejava conhecer e servir ao Rei mais poderoso da terra e saiu em busca dessa figura.

Encontrou um rei mais forte e passou a servi-lo.Em uma das festas do reino, algumas cantigas e canções estavam sendo cantadas para o rei e continham em sua letra citações ao demônio, toda vez que era citado, o rei fazia o sinal da cruz.

intrigado, Cristovão perguntou ao rei do que se tratava aquele sinal e ele disse que era uma proteção contra qualquer má intenção ou coisas ruins vindas daquela figura, sendo assim, Cristovão concluiu que o demônio era mais poderoso que o rei e por isso devia servi-lo.

Saiu em mais uma jornada atrás de seu novo “mestre” e durante sua caminada por um deserto o encontrou. Enquanto caminhavam juntos, Cristovão notou que o demônio ao avistar uma cruz, desviou o caminho e percorreu uma distância muito maior afim de não passar perto dela, Cristóvão intrigado, questionou o demônio que confessou:

“Houve um homem chamado Jesus Cristo que, por meio de sua morte na Cruz, trouxe a salvação para a humanidade, e quando vejo seu sinal, fico apavorado e fujo dele”.

Constatou Cristóvão: “Então, este é maior do que ti.” E abandonou-o imediatamente e andou a procura de Jesus Cristo.

Durante a caminhada, encontrou um senhor eremita e perguntou como poderia encontrar Jesus Cristo. O cristão eremita lhe explicou que para encontrar o Cristo era necessário muita oração. E ele disse: “Não sei rezar ainda.” “Então, podes jejuar.” ” Para mim essa prática é ainda muito difícil, pois preciso de muito alimento para manter meu grande e pesado corpo”. Então disse o eremita, “comece pela caridade e chegarás ao encontro do Cristo.”

Sendo assim, o eremita pediu que ele se instalasse a beira de um rio que existia ali perto, de travessia difícil, para ajudar a todos que quisessem passar por ele e por amor a Jesus Cristo iniciou a sua missão.

Dia e noite ajudava as pessoas a atravessar o rio, até que em uma noite escutou uma criança chamá-lo para ajudá-la a atravessar a margem do rio. Cristovão colocou a criança nos ombros e iniciou a travessia.

A criança era tão pesada que Cristovão, mesmo forte, temeu se afogar e por várias vezes pensou estar carregando o mundo nas costas. Ao deixar a criança do outro lado do rio, comentou sobre o seu peso e eis que teve a sua revelação:

“Bom homem, respondeu-lhe o menino, não te espantes, pois não só carregaste o mundo inteiro como também o dono do mundo. Eu sou Jesus Cristo, o Rei que estás a servir neste mundo”.

Por isso, o eremita o batizou com o nome de CRISTÓVÃO, que significa AQUELE QUE CARREGA O CRISTO.

A partir de então, São Cristóvão se tornou um cristão tão fiel e exemplar que a muitos converteu para Deus!

SÃO CRISTOVÃO, ROGAI POR NÓS!


Artigos Recentes