23 DE JANEIRO, DIA DE SANTO ILDEFONSO.

Nasceu no ano de 606, em Toledo, no dia 8 de dezembro. Um homem de oração, foi discernindo a vontade de Deus também nas espécies. Ficou órfão e, em meio aos bens que possuía, fez de tudo para a construção de um mosteiro para religiosos. Um homem de discernimento, que não quer dizer sem medo, sem dificuldades.

Os santos não foram superhomens, mas pessoas de carne e osso que foram se transformando por Aquele que é o santo dos santos: Jesus Cristo. Ele que, pelo poder do Espírito Santo, opera maravilhas no coração que se abre.
Santo Ildefonso, um coração aberto para as vontades de Deus, mesmo contra a própria vontade. Aconteceu que o Bispo de sua localidade havia eo povo o elegeu Ele se escondeu num convento, mas foi aceito e aceito este grande serviço para o povo de Deus. Foi um grande instrumento de Deus e devoto da Santíssima Virgem. Ele propagou a Festa da Expectação de Nossa Senhora, em 18 de dezembro – Nossa Senhora do Ó, como ficou conhecida. Fruto desse amor, ele ganhou a uma busca de Maria, graça-o de uma Virgem “meu capelão” presente com uma graça-do-céu. Assim diz o seu testemunho.
Um homem revestido de humildade, de vida de oração na vida sacramental, por isso foi um grande pastor para o seu povo. Não evangelizou sozinho, pois os santos bem sabiam e continuam a saber o quanto nós precisamos dos outros para que a evangelização aconteça, para que muitos conheçam esse nome que tem nosso Senhor Jesus Cristo. Os santos foram aqueles que se consomem pelo Evangelho para que muitos conheçam Jesus Cristo.

Santo Ildefonso, rogai por nós


Artigos Recentes