Servo de Deus Dom Tomás Vaquero

Foto: Acervo Museu de Arte Sacra de São João da Boa Vista

Dom Tomás Vaquero sempre andava com a batina surrada, admirava a filosofia aristotélico-tomista e gostava de latim. Frequentava campos de futebol, sítios, clubes, levando a palavra de Deus aos ambientes laicos. No período pós conciliar, quando todos os seminários foram fechados D. Tómas começou a construir o seminário Diocesano Coração de Maria e assim Ele formou uma geração de sacerdotes.

  • 1914 – Nascimento, em Pirassununga, Estado de São Paulo, Brasil.
  • 1914 – Batizado, em Pirassununga.
  • 1929 – Crisma, em Pirassununga.
  • 1930 – Matricula no seminário menor, em Campinas.
  • 1937 – Tonsura, no Palácio Conceição, por Dom Barreto
  • 1937 – Viagem a Roma, para cursar Teologia.
  • 1938 – Ostiariato e Leitorato, na Igreja de São Pedro Canísio, Roma, por Dom Lucas Hermenegildo Passetto.
  • 1938 – Exorcistado e Acolito, na Capela do Pont. Col. Pio Latino – Americano, Roma, por Dom Lucas Hermenegildo Passetto.
  • 1940 – Diaconato, em Roma na Arquibasílica de São João de Latrão, por Dom Aloísio Traglia.
  • 1941 – Ordenação sacerdotal, em Roma na Arquibasílica de São João de Latrão, por Dom Aloísio Traglia.
  • 1963 – Nomeação para Bispo de São João da Boa Vista.
  • 1963 – Sagração episcopal, em Mogi Mirim.
  • 1963 – Posse como Bispo de São João da Boa Vista.
  • 1979 – Primeira Assembleia de Pastoral da Diocese.
  • 1992 – Falecimento

1ª PETIÇÃO: – A Vós, Senhor eu recorri: Por isso, nunca, jamais hei de ser confundido.
– Coração de Jesus, salvação dos que em Vós esperam, tende compaixão de nós.
– Coração de Jesus que dissestes: «Pedi e vos será dado; Procurai e achareis; batei vos será aberto» (Mt. 7, 7). Buscando uma graça, eu bato à porta de vosso amor para vô-la pedir: (Declarar a graça)
Sagrado Coração de Jesus! Eu confio em Vós! (3x)
Doce Coração, de Maria! Sede minha salvação! (3x)
São José, amigo do Sagrado Coração de Jesus!
Rogai por nós!
Anjos e Santos do céu!
Intercedei por nós!
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo!
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!
Sacratíssimo Coração de Jesus!
Tende compaixão de nós!

3ª PETIÇÃO: – A Vós, Senhor eu recorri: Por isso, nunca, jamais hei de ser confundido.
– Coração de Jesus, salvação dos que em Vós esperam, tende compaixão de nós.
– Coração de Jesus, que dissestes: «O céu e a terra passarão; não passarão, porém, as minhas palavras» (Mc 13, 31). – Dizei uma só Palavra em aprovação do meu pedido: (Declarar a graça)
Sagrado Coração de Jesus! Eu confio em Vós! (3x)
Doce Coração, de Maria! Sede minha salvação! (3x)
São José, amigo do Sagrado Coração de Jesus!
Rogai por nós!
Anjos e Santos do céu! Intercedei por nós!
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo!
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!
Santíssimo Coração de Jesus!
Tende compaixão de nós!

Jesus, manso e humilde de Coração!
Fazei meu coração semelhante ao Vosso!

ORAÇÃO:
Concedei-nos, ó Deus Onipotente, nós vos pedimos que, jubilosos em contemplar as finezas do amor do Santíssimo Coração de Vosso Amado Filho, igualmente gozemos a efeitos e os frutos de seus benefícios. Pelo mesmo Cristo Nosso Senhor! Amém!

2ª PETIÇÃO: – A Vós, Senhor eu recorri: Por isso, nunca, jamais hei de ser confundido.
– Coração de Jesus, salvação dos que em Vós esperam, tende compaixão de nós.
– Coração de Jesus, que dissestes: «Em verdade vos digo, se em meu nome pedirdes a meu Pai alguma coisa, Ele vô-la dará» (Jo 16, 23). Em vosso Nome venho eu pois agora pedir, a vosso Pai Eterno: (Declarar a graça)
Sagrado Coração de Jesus! Eu confio em Vós! (3x)
Doce Coração, de Maria! Sede minha salvação! (3x)
São José, amigo do Sagrado Coração de Jesus!
Rogai por nós!
Anjos e Santos do céu!
Intercedei por nós!
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo!
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!
Sacratíssimo Coração de Jesus!
Tende compaixão de nós!

ORAÇÃO PARA REPELIR AS OFENSAS DOS HEREGES
– Ó Jesus; Salvador e Redentor meu, Filho de Deus vivo! Eis-nos prostrados diante de Vós, a fim de repararmos os vexames do vosso Nome Santíssimo, todas as injúrias tachadas a Vós, no Santíssimo Sacramento, como também as infâmias todas contrárias à Imaculada Virgem Vossa Mãe, e as calúnias e ofensas dirigidas à Vossa Esposa a Santa Igreja Católica Romana.
Ó Jesus que dissestes: «Tudo o que pedirdes em meu nome a meu Pai, eu o farei» (Jo 14,13); súplices Vos pedimos por nossos irmãos que se acham em perigo de pecado; defendei-os contra a sedução dos apóstatas; salvai os que estão no caminho da perdição. A todos iluminai a fim de que conheçam a verdade; dai-lhes força e coragem para resistirem ao mal; dai-lhes perseverança na fé e uma caridade eficaz. Ó benigníssimo Jesus, tudo o que pedimos em vosso nome, pedimos a Deus Pai, com Quem, viveis eternamente, em unidade com o Espírito Santo. Amém!
Pai Nosso, Ave Maria e Glória.
(Indulgência plenária todos os dias. P. Pio X. 31.10.1908)
REIMPRIMATUR
Dom Tomás Vaquero – Bispo de S. João da Boa Vista – 10/01/1981